Represa jaguarí/Jacareí

É o maior reservatório do sistema Cantareira com 75% da capacidade total do sistema, com área próxima a 50 Km2

Comparativo entre as represas do sistema Cantareira:

Represa do Jaguarí/Jacareí (Bragança Paulista): volume: 750.000.000 m3, área inundada 49.300.000 m2
Represa do Cachoeira (Piracaia): volume: 73.500.000 m3, área inundada 8.700.000 m2
Represa do Atibainha (Nazaré): volume: 104.000.000 m3, área inundada 22.500.000 m2
Represa do Juquerí (Mairiporã): volume: 10.800.000 m3, área inundada 5.600.000 m2
Represa de Aguas Claras (Santa Inês): volume: 1.328.000 m3, área inundada 180.000 m2
Fonte: apresentação Sabesp

Comparativo entre as represas que abastecem a capital:

Represas do sistema Cantareira: Capacidade sistema: 982 Milhões de m3 volume util
Represa Guarapiranga: Capacidade sistema: 171 Milhões de m3
Represa Alto Cotia: Capacidade sistema: 16.5 Milhões de m3
Represa Alto Tietê: Capacidade sistema: 520 Milhões de m3
Represa Rio Claro: Capacidade sistema: 16 Milhões de m3
Represa Rio Grande: Capacidade sistema: 112 Milhões de m3
Fonte: https://www.nivelaguasaopaulo.com

Distante a 90 Km da capital de São Paulo e a 80 Km de Campinas e Jundiaí, (grandes centros)

A represa foi construída na década de 70 com objetivo único de abastecimento humano (não gera energia), por isso o cuidado da Sabesp e dos proprietários da região em protege-la e não permitir invasões como exemplo Guarapiranga

Realmente, praia de água doce

Segue abaixo as fotos com a mesma elevação para comparar os tamanhos de cada uma:

Represa do Jaguarí/Jacareí (Bragança Paulista)

Represa do Cachoeira (Piracaia)

Represa do Atibainha (Nazaré)

Represa do Juquerí (Mairiporã)